Arquivo da tag: albumina

Receita de Pão Protéico, Low Carb

Aprenda a fazer um pão caseiro super prático, e o melhor de tudo que além de delicioso, é protéico. Pode ter o sabor que desejar, é low carb, protéico, sem lactose e sem glúten. Veja logo a baixo a receita:

Ingredientes

– 250g de claras de ovo;
– 100g de whey protein (sabor que desejar, foi usado o de chocolate);
– 70g de farinha de côco (pode-se usar também Amêndoas trituradas, na mesma quantidade);
– 50g de aveia laminada (pode substituir por côco desidratado caso deseje reduzir bem os carboidratos da receita e tirar o glúten);
– 25g de xarope de Ágave (pode ser substituído por adoçante de cozinha);
– 2 colheres de sobremesa de fermento químico;
Óleo de coco para untar a forma caso não seja anti-aderente.

Modo de Preparo

1. Misture o whey e as claras até virar uma massa homogênea;
2. Adicione a farinha de côco e o fermento e misture bem;
3. Adicione a aveia (ou o côco), o Ágave (ou o adoçante) e continue misturando;
4. Unte a forma com o óleo de côco (ou não, caso seja antiaderente) e coloque a massa;
5. Coloque entre 15 e 20 minutos (a partir de 15 começa a ficar no ponto já) a 175ºC no forno, eu fiz o meu na bandeja mais distante da chama.

Fonte: Nutricionário
 
Por: Taís Tie Minamihara

Albumina – Proteína da Clara do Ovo

No dia a dia encontramos diversos tipos de alimentos que contém a proteína. Para quem está à procura de reconstrução muscular, e aumento de massa magra, a proteína é essencial. Existem proteínas de lenta e rápida absorção, hoje vamos falar de uma proteína de lenta absorção extraída da clara do ovo, a ALBUMINA.

O que é?

Albumina é uma proteína extraída da clara do ovo de lenta absorção, isenta de colesterol, lactose e ainda é fonte de BCAA. As albuminas encontradas em pó, nada mais é do que desidratação da claro do ovo, ou seja, é a clara do ovo sem as quantidades normais de água.

Para que serve?

578160

A Albumina fornece ao organismo todos os aminoácidos essenciais, serve para a construção muscular, utilizadas geralmente por pessoas que treinam e buscam o aumento da massa muscular, por ser de lenta absorção, recomenda-se tomar ao dormir, pois é um período longo que ficamos sem comer.
Segundo pesquisas, a albumina é indicada também para mulheres que estão em climatério, pois se consumido adequadamente, pode evitar a retenção hídrica (inchaço).

Quais são os benefícios?

Se consumida adequadamente:
– Aumenta o aporte de proteína na dieta
– Ajuda na construção muscular
– Evita a retenção líquida, diminuindo o inchaço.
– Apresenta todos os aminoácidos essenciais
– É de lenta absorção
– Proteína de baixo custo

Quais são os efeitos colaterais?

Com o uso da Albumina pode aumentar na produção de gases, e se utilizada em quantidade excessiva, pode sobrecarregar o fígado.

Engorda?images

Consumindo de forma correta, não engorda, porém o peso pode aumentar pelo fato do ganho de massa muscular.

Como consumi-la?

Para quem deseja o aumento da massa muscular é orientado consumir:
– 2 colheres de sopa em 200ml de água ou leite, de preferência ao dormir.
– Pode ser consumida como omelete também, só aquecendo e acrescentando água.
Para mulheres que desejam reduzir a retenção líquida:
– 1 colher de sopa + vitamina C
– Podendo misturar 1 colher de sopa de albumina com suco de laranja.

Qual o valor?

O preço da albumina em pó de 500mg, varia de 20 à 50 reais, dependendo da marca.
Em nosso site Corpo e Suplemento, você irá encontrar albumina em pó e tabletes, de várias marcas:

Total Albumax + Biotina (500g) – Body Nutry
– Albumina 80% (500g) – Cami
-Albumina 500g – NaturOvos
– Super Albumin (500g) – Probiotica
Albumina (500g) – X-Lab
– Albumina 80 (500g) – Neo Nutri
Albumina Way (500g) – Midway
– Tabs Albumin (100tabs) – Midway
– Albumix (240 tabs) – Integralmedica

Para saber os valores, só clicar no link que você irá direto para o site.

Receita de Omelete de Albumina

Ingredientesomelete
– 1 scoop de albumina
– 1 scoop de AGUA
– Uma pitadinha de sal
– Uma fatia de peito de chester

Modo de Preparo

– Em fogo alto coloque o peito de chester em uma panela de teflon sem óleo até ficar dourado nos 2 lados
-Bata a albumina + água + pitadinha de sal, até ficar denso.
– Coloque a mistura por cima do peito de chester por 30 segundos, depois vire e
espere mais 30 segundo.

 

Informações retiradas do site: tuasaúde.com e de nossas nutricionistas.
 
Por Taís Tie Minamihara

Massa Magra – Pequenas Mudanças que Fazem a Diferença

Hoje vou falar um pouco sobre alimentação para quem quer ganhar massa muscular. Sempre costumamos dizer aqui que para ganhar massa muscular não tem erro, é simples como uma receitinha de bolo que envolve 3 ingredientes básicos.

  1. Alimentação;
  2. Suplementação;
  3. Exercícios.

Justando esses três itens você conseguirá ótimos resultado, assim como para quem quer perder peso o fracionamento e a disciplina nos horários das refeições são fundamentais.

Nosso organismo precisa de energia para trabalhar e esta energia vem diretamente do alimento, ficar muitas horas sem se alimentar faz com que o nosso corpo diminua o nosso metabolismo e com isso comece a armazenar energia em forma de gordura, principalmente região abdominal e o pior para quem quer aumentar a massa muscular o organismo começa utilizar massa muscular como fonte de energia.

É sempre bom lembrar que o nutriente responsável pela construção muscular é a proteína, é muito importante saber que este processo de ganho de massa muscular não se dá no momento do treino. A proteína utilizada (whey protein) após o treino fará a recuperação do músculo, porém é quando não estamos treinando (período de repouso/descanso) que construímos este músculo.

Costumo explicar da seguinte maneira a construção muscular, gosto muito de um exemplo que eu dou para simplificar aos meus cliente/pacientes. Nosso músculo é como se fosse um muro, que se você apenas empilhar os tijolos ele cairá facilmente, mas se você acrescentar “cimento” e dar o tempo necessário para este “cimento” secar, este muro ficará firme e forte. A proteína é o nosso “cimento”, por isso aumentar o consumo dela é bem importante, vou dar algumas dicas de proteínas e qual o melhor horário para consumo.

DICAS:

  1. Fixe os horários de cada refeição (Máximo de 3/3hrs);
  2. Consuma bastante verduras, frutas e legumes pois são ricos em vitaminas e minerais que atuam ativamente neste processo;
  3. Consuma mais proteínas em horários alternados;
  4. Não treine sem se alimentar;
  5. Albumina é bem indicado para antes de dormir ou pela manhã;
  6. Caseína é uma proteína de bem lenta absorção, portanto bem interessante para antes de dormir;
  7. Mix de proteínas, hiperproteicos, barras de proteínas são boas opções para consumir nos intervalos de refeição;
  8. Peito de frango, peixe e ovos são excelentes fontes de proteína.

Esse foi um texto bem básico e com pequenas dicas, mas gosto sempre de lembrar que não tem nada melhor do que um cardápio feito sob “medida”, portanto procure sempre a orientação de um profissional da área de nutrição, assim você irá consumir adequadamente todos os nutrientes e com isso alcançar o seu objetivo.

Mariana Buriolla
CRN 5220 – Nutricionista